MAGNO MALTA REVOLTADO RELATA ENCONTRO HOJE COM OS “PAIS” QUE TORTURARAM A PRÓPRIA FILHA Emanuelly

MAGNO MALTA REVOLTADO RELATA ENCONTRO HOJE COM OS “PAIS” QUE TORTURARAM A PRÓPRIA FILHA Emanuelly

♕ ♕ ♕ IMPORTANTE QUE LEIA A DESCRIÇÃO ♕ ♕ ♕
➤INSCREVA-SE E AJUDE O CANAL CLICANDO AQUI ➤➤https://goo.gl/fioBre ◄◄e ATIVE O 🔔 DAS NOTIFICAÇÕES✔
2 COMPARTILHE O VÍDEO EM SUAS REDES✔ ✔
3 Curta no Facebook:https://www.facebook.com/NoticiasPoliticaBR/
4 Siga no Twitter do canal:https://twitter.com/notpoliticaBR
5 Acessem http://canaltvnopc.blogspot.com.br/

s pais da menina Emanuelly Agahta da Silva, que morreu após ser espancada no dia 2 de março em Itapetininga (SP), serão indiciados por homicídio qualificado e tortura. A informação foi confirmada pelo promotor de Justiça Carlos Zanini, responsável por analisar o processo.

Phelipe Douglas Alves, de 25 anos, e Débora Rolim da Silva, de 24 anos, tiveram a prisão decretada um dia após o crime e permanecem na penitenciária de Tremembé, em celas isoladas. Eles ficarão na unidade até o julgamento.

Segundo o promotor, o processo já foi encaminhado para a 2ª Vara Criminal, onde o julgamento pode ser por júri popular.

Ainda de acordo com Zanini, a denúncia será apresentada à Justiça na segunda-feira (19).

Se condenados, o crime de homicídio qualificado prevê pena de 12 a 30 anos de prisão. Já o de tortura é de 2 a 8 anos. Contudo, a pena pode aumentar pelo fato da vítima ser criança.
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS: MAGNO MALTA REVOLTADO RELATA ENCONTRO HOJE COM OS “PAIS” QUE TORTURARAM A PRÓPRIA FILHA Emanuelly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *